Marcha pelo fechamento dos abatedouros, uma manifestação mundial

A marcha acontece desde 2012 e foi criada pela associação L214, França.

A manifestação tem como objetivo provocar o debate e causar reflexão sobre a questão animal. Além de, obviamente, repercutir no fechamento de abatedouros.

A cada ano, novos países aderem à reivindicação. De acordo com o site fermons-les-abattoirs.org, no ano de 2017, ao todo 21 cidades ao redor do mundo participaram da marcha, em datas diversas.

São elas Paris, Toulousse, Bruxelas, Cassel, Los Angeles, Toronto, Bielfeld, Tokyo, Kyoto, Dublin, Braunschweig, Buenos Aires, Hannover, Dortmund, Manheim, Helsinki, Manchester, Munich, Vancouver, Ottawa e Londres.

A maioria delas aconteceram no dia 10 de Junho. A realização da marcha fica a cargo de organizações e associações locais de cada cidade.

Um pouco sobre a necessidade do manifesto

A existência dos abatedouros, bem como o consumo de carne e derivados animais, são assuntos da sociedade atual, além de serem assuntos políticos, que devem ser debatidos sobre uma visão ética.

Animais são seres senciêntes, ou seja, eles lutam pela suas vidas e querem vivê-las, livres, sem dor, sem escravidão. Além disso nós não temos necessidade nutricional de consumí-los. Por estas razões nós temos o dever moral de debater esse assunto.

Estima-se que por ano, são assassinados 60 bilhões de animais terrestres e mais de 1000 bilhões de peixes no mundo todo.

Outras questões também precisam ser discutidas, como a crise ambiental causada pela manejo de animais nessa indústria. Essa vasta criação acarreta por exemplo na destruição de florestas e poluição do ar com gazes tóxicos.

Maiores detalhes no site oficial da marcha.

Como seguiu a marcha em algumas cidades

Em Paris, a associação L214 contou 3.600 participantes.

Tivemos 2.500 no ano passado, a marcha ampliou e ela existe também em outros países

Disse Brigitte Gothière, co-fundadora da associação L214.

Em uma só voz: “Precisamos abrir a consciência, precisamos fechar os abatedouros!”, os manifestantes seguiam a marcha pelas ruas de Paris.

Vestidos de vermelho, no começo do protesto os participantes fizeram uma homenagem à todos os militantes da causa, não importando quem eles fossem. Dos que postam vídeos fortes na rede, publicam receitas veganas, manifestam-se em sindicatos agrícolas, ou aos que passam ou passaram em um tribunal por conta de algum tipo de ativismo que fizeram.

Em vídeo produzido pela associação ARIWA, para promover a marcha na cidade de Berlin, na Alemanha, as colaboradoras mostram um abatedouro que foi desativado em 1991, mas que não é o bastante e todos os outros precisam ser fechados da mesma forma. A marcha em Berlin ocorreu no dia 10 de Junho.

Londres teve a mesma data. Havia um planejamento para fazer uma intervenção especial, usando avental de açougueiro e sangue falso, mas antes do evento eles foram advertidos pela organização para não usarem, em respeito às vítimas dos recentes ataques terroristas na cidade.

Trecho da marcha em Londres:

Ainda no dia 10, a marcha em Toronto no Canadá teve participação de aproximadamente 800 pessoas.

Não apenas para cães, não apenas para gatos, nós queremos justiça para todos os animais.

Foi um trecho da canção na Marcha em Toronto.

Evento da Marcha em Toronto no Facebook

James Aspey (voiceless365), Chris Delforce (Diretor do documentário Lucent) e Patty Mark (investigadora e criadora da Animal Liberation Victoria) foram alguns dos oradores na marcha que ocorreu em Melbourne, na Austrália, no dia 11 de Junho.

No Canadá, a associação KARA (Québec) se uniu com Ottawa Animal Defense League, para que juntas pudessem fazer uma marcha única e maior, rumo ao parlamento em Ottawa.

Muitos manifestantes de cidades adjacentes também demostraram interesse em participar e para que esses participantes pudessem chegar até o evento com mais facilidade, caronas e caravanas estavam sendo divulgadas e oferecidas por outros membros através de eventos no Facebook. A marcha em Ottawa tem data marcada para 17 de Junho.

O tweet com a hashtag #StopAbattoirs bateu 703 posts até o dia desta postagem e alcançou mais de 700 mil vizualizações.

Mais algumas fotos

Marcha pelo fechamento dos abatedouros – Los Angeles
Marcha pelo fechamento dos abatedouros – Los Angeles
Marcha pelo fechamento dos abatedouros – Melbourne
Marcha pelo fechamento dos abatedouros – Alemanha

Nos anos de 2013 e 2015 o Brasil teve participação nas cidades Rio de Janeiro e Bauru (SP).

Considerações finais:

Todas as informações contidas nessa matéria são com base em pesquisas realizadas nos sites citados nas referências.

Todas as imagens e vídeos aqui presentes são obras de suas respectivas fontes, todas devidamente citadas.

Todas as demais marchas que ocorreram em outras cidades não citadas aqui no ano de 2017 são de igual importância para nós. Apenas selecionamos aqui algumas marchas de algumas cidades, de forma aleatória, para que pudêssemos ilustrar e dar exemplo de como funciona a marcha.

Ocorreram outras marchas em cidades que não foram encontradas nos arquivos dos sites stopabattoirs.org e fermons-les-abattoirs.org, que são de igual relevância e importância para nós do AAAnimal. Inclusive algumas que ocorreram no Brasil. Porém, nessa pesquisa e nessa matéria, decidimos abordar apenas as que constam nos arquivos do site da organizadora stopabattoirs.org ou fermons-les-abattoirs.org, onde o Brasil participou nos anos 2013 e 2015 conforme citado anteriormente.

Referências:

https://stopabattoirs.org/

https://fermons-les-abattoirs.org/

https://fermons-les-abattoirs-mtl.org/

http://www.liberation.fr/societe/2017/06/10/paris-manif-couleur-viande-pour-la-fermeture-des-abattoirs_1575901

https://www.youtube.com/watch?v=b78G8Vtu0K4&t=3182s

http://institutocahon.blogspot.ca/2013/06/o-mundo-vai-marchar-pelo-fim-dos.html

http://veganosnocanada.com/marcha-pelo-fechamento-dos-abatedoures-rumo-ao-parlamento-em-ottawa/

https://www.facebook.com/animalliberationvictoria/

Organizadores por país:

França

L214

Mouvement pour la Cause Animale

Bélgica

Bite Back

Alemanha

ARIWA

EUA

Brenda et Ellen

Canadá

MTCAS

Vancouver March to Close all Slaughterhouses

KARA et Ottawa Animal Defense League

Japão

Animal Right Center

Animal Right Kansai

Irlanda

National Animal Rights Association (NARA)

Argentina

Activismos Independientes

Finlandia

Constance Löydetty

Inglaterra

Manchester March to Close all Slaughterhouses.

Robert

Australia

Animal Liberation

Vegan Easy

Animal Liberation South.

Save a cow

Animal Tasmania

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *